Páginas

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Sonhar

Si em mim faço de ti minha razão de viver
Si como em mim crio em ti a impressão de me ter
Deixo-te com calor do desejo que em mim posso ter
Como em mim passou por ti sem a coragem de dizer
Que em mim sentir o calor da sua boca tocar
Em seu corpo sentir o cantar do perfume soar
Em minhas mãos ter de ti o se o desejo de amar
Por entre linhas de olhares o prazer de sonhar
Em seu desejo ardente a vontade de me procurar
Em meu corpo contenho em mim para não demonstrar
Que em meu orgulho fico deslumbrando somente a sonhar
...sonhar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário