Páginas

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Indefinição

Sinto como se meus dias não passarem de horas
Horas que não estou contigo
E nesse viver sem sonhos
Não sei onde esta
Não sei para onde ir
Ou ao menos o que fazer
Como posso seguir assim
Sem destino
Sem caminho
Sem razão
Diga para mim
Apenas uma vez
Diga para mim
Se algum dia sentiu
Um pouco do que eu sinto por você
Nas angustias dessa indefinição fico a me martirizar
Como posso ainda pensar em você
Quase todas as horas dos meus dias
Mesmo sabendo que você não vai voltar
Alguém me diz o por que?
Porque tenho que sofrer tanto assim

Nenhum comentário:

Postar um comentário