Páginas

domingo, 12 de janeiro de 2014

Não lhe falarei
Sobre meus sonhos e pesares
Em tudo que lhe digo já não sei se é verdade
Na lentidão dos dias o anos se passam
E nos aqui, sem saber o que é real
Então por que não me diz

Há dias que não voltam
São só aqueles que agente sente falta
Porem até os dias ruim não me saem da memoria

Cuidado, a mente é um labirinto cheio de esquinas perigosas
Onde nos perdemos
Perdemos gente e parte de nos

Nenhum comentário:

Postar um comentário