Páginas

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

O que?

Tempos escondidos nas palavras que não foram ditas
Gritos que ensurdecem até não se escutar
E o retrato tirado pelas lembrança das vidas que não vivemos
Na mente se vê o sonho morto
Ha vida morta pelo próprio ser elementar
Em seus passos da para se ver a sombra cansada de andar
Procurando...
Onde esta?
Será que foi perdido no caminho?
Não me lembro de nunca ter tido
Mas parece que nem sempre fui assim
Afinal nunca soube onde procurar

Nenhum comentário:

Postar um comentário