Páginas

terça-feira, 23 de outubro de 2012

O findar

Em alguns segundos você vem e me diz que esta cansada
Que para você tudo o que passou não tem mais valor
Se for para ser assim, então se finda da mim
Como as águas que caem da cachoeira
Como as folhas secas que caem com o sopro do vento
Que as leva para qualquer lugar
Então chegasse a hora de ir embora
De nenhum canto alguém chora
Olha só que interessante
A noite hoje não tem lua

Nenhum comentário:

Postar um comentário