Páginas

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Desculpe por te magoar

Ti-vendo assim intendo
Que não é pelo mal que lhe-faço
E sim pelo bem que não lhe-dou
Sei que amar quem não lhe-ama é o maior dos penares
E sabes que intendo bem a sua dor
Me desculpe por te magoar
Ah... Se eu pudesse escolher...

Um comentário:

  1. De longe
    Outro plano
    Vou vivendo
    Sem esquecer
    Dos amigos
    Em outro terreno.

    Você amigo
    Que tenho
    Não se preocupe
    Com meu silêncio
    Também entendo o teu.

    Nós que muito vivemos
    Ainda muito faremos
    Sem saber qual caminho
    Apenas vamos vencendo

    Dia por dia
    Vamos lutando
    Nossa força
    Se faz solida
    É nesse momento
    De fraqueza.

    Abraços meu querido amigo, Pedro.

    ResponderExcluir