Páginas

sábado, 29 de setembro de 2012

Cortando estradas

Cortando estradas para longe eu sigo
Talvez ai chegando possa falar contigo
Falar das estradas por onde passei
E as vezes que sonhei contigo

No radio do carro toca aquela musica apaixonada
Que nos faz lembrar as noites enluaradas
Das quais mesmo de longe sei que também olhava
E juntos estávamos a contempla-lá

Menina que esta a minha espera
Minha meiga menina tão bela
De tão longe por estradas tortuosas venho para te encontrar
A distancia não encurta a vontade que tenho de te amar

Não chores, pois eu estou com um soriso no rosto
Sei que um a hora vou chegar
A alma é eterna
Se for para ser, assim será

Nenhum comentário:

Postar um comentário