Páginas

domingo, 12 de agosto de 2012

Maldita noite...

Noite,
Noite desgraçada e chuvosa
Maldita noite...

Lembro-me do temporal da quela noite que caiu sobre mim
Ela estava junto a mim, quem eu tanto esperava
Toda linda...
Mais hoje vejo que ali ela não estava
Estava ofuscada, por algo que até hoje não sei
A noite estava a espera do fim
E eu sentia que isso era chega
Tentei entrar em acordo com o álcool para naturalizar
Assim quem sabe tudo ofuscasse e naturalmente passasse
Porem nem este funcionou...

Noite,
Noite desgraçada e chuvosa
Maldita noite...

Um comentário:

  1. ...essas noites! Quanta poesia querido...qta poesia! Jorrando aqui

    Beijos

    ResponderExcluir