Páginas

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Delirio

Hoje olhei para ela e há havi como você
E a amei como a criança que te amava
E no abraço de braços cruzados a levantei rodopiante
Como linda estava...
Queria saber mais...
Não sei quem era...
Acordei quando cheguei em casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário