Páginas

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Foi preciso uma lagrima rolar para o coração entender
Consegui isto alcançar quando a água sobre minha cabeça desabava-se o céu
E então esta água doce como a de um rio, em um mar de tristeza se transformou

Nenhum comentário:

Postar um comentário