Páginas

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

184

Se teus olhos não me vêem, e você sente minha falta, talvez eu signifique algo.
Se no meio das canções que escuta dia-a-dia aparentemente escuta minha voz, eu digo que talvez, talvez eu faça algum significado a ti.
E mesmo em meio a tanta gente, você sabe que só eu entenderia, te digo mais uma vez, talvez, eu digo talvez, eu faça algum sentido.
Não sei bem ao certo qual é o sentido de tudo isso, esse “significado” que lhe falo.
Não sei o porquê, mas acho que necessitamos sempre um do outro, mesmo antes de se conhecer, parece que sabia que ia ser assim. Então sempre foi...
Tudo que eu digo, e sei que sente, acontece comigo...
Por isso disse, talvez...

20/12/2011 h:17:00

Nenhum comentário:

Postar um comentário