Páginas

sábado, 5 de novembro de 2011

142

Nada é em vão
Aproveite mesmo que turbulento o caminho às vezes é tão mais grandioso que a chegada propriamente dita.
Aproveite o prazer das dores e alegrias que o destino oferece, saciasse destes, por que nada é eterno, o começo é o fim, e um é do outro.
Sorria, esta é a melhor expressão de dois extremos que se possa ter.
Devagar, sem pular etapas, aprendemos todas as lições, e talvez não passemos por estas novamente.
Aproveite seu medo, que talvez depois você já não mais o tenha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário