Páginas

sábado, 5 de novembro de 2011

141

Se o esplendor dentre tantas outras o seu pudesse ver
Olhava de longe ao admirar tamanha magnitude que só pode ser vista por meus olhos por ti amantes
E assim felicidade por breve estante eu teria
Seria ela entre a tristeza e a agonia
Verte sorrir, mas sem estar ao lado
A felicidade seria rápida fugiria entre os dedos da mão que não te alcança

Nenhum comentário:

Postar um comentário