Páginas

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

90

Todo dia a luta é infundada
Perante a estupidez em um quadro geral
Não a motivos mais que motivam
Se isolando dentro de si
Para fugir do caos que é a própria vida
A existência somente existe, não a motivos
O verbo rasga com quem não merece
Desenganos fazendo amadurecer tão rápido
Não alcança a faca nas costas
A ferida não sara
A cada remédio procurado aumenta mais a dor
Fujo mais euvocê demônio sempre acha
Mi fiz imortal até morrer
Demônio dilacera todo dia meu coração

Nenhum comentário:

Postar um comentário