Páginas

sábado, 17 de setembro de 2011

70

Vamos pular juntos no abismo
Sua mão a alisar meu rosto com todo o seu odor feminino
Sentir que mais nada importa
Me ver dentro de suas pupilas em seu olhar apaixonado
Duas almas a partir desta estadia terrestre
Abrasar-te com seus braços exprimidos por entre-nos com seu rosto encostado em meu ombro
Saber que queres estar comigo no ultimo momento de nossas vidas
Em sua respiração escuto baixo e lentamente um eu te amo
Pulamos juntos no abismo
Morreremos amando antes que o tempo desvirtue nossos corações

Nenhum comentário:

Postar um comentário