Páginas

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

61

A fumaça do cigarro tem seu rosto
As estrelas têm o brilho do seu olhar
A brisa da madrugada tem sua voz
O silencio tem as lembranças
O desatino é os destinos tomados

Nenhum comentário:

Postar um comentário