Páginas

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

53

Somos todos egoístas
Egoístas ao defender a qualquer ponto nossas necessidades
Necessidades esdrúxulas a qual criarmos
Somos instrumentos de nos mesmos
Cobiçamos de tal forma a ponto de amar
E nos sujeitamos a ser carniceiros canibais
Que não respeita nada nem ao menos os próprios princípios
Manipulamos as nossas regras ao nosso favor
O seu erro cometido a seu ver no contexto estará certo
Não enxergas teu próprio passo e o rastro de sangue que deixaras
Somente ao seu favor
Usai transcendentalmente seus brinquedos carnais a fim de seu prazer

Nenhum comentário:

Postar um comentário