Páginas

domingo, 14 de agosto de 2011

10

Gosto da palavra devaneios
Fazem-me pensar em pensamentos vazios e vagantes
Sem nenhum anexo
Talvez tenha entendido errado o sentido da palavra
A meu ver é uma meditação da qual não é forçada
Sem posições próprias, nem mantras para impulsionar
Vagando em nossas mentes sem buscar nada
Encontraremos a verdade
Até coisas que esquecer era preferível para não sofrer
Mais isso nos fazem parte do que somos hoje
A estrada da vida é o que nos molda

Nenhum comentário:

Postar um comentário