Páginas

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

13

Renasci imponente
Superior a todos
Ninguém mais pode me ferir
Eu me recriei assim
A arrogância tomou conta do meu ser
Em mim não existe mais piedade
Quanto menos amor
Ao te ver indo embora
Tu me causaste minha primeira e derradeira morte
Onde renasci sem alma
Agora só venho a esperar a morte física

Nenhum comentário:

Postar um comentário