Páginas

domingo, 14 de agosto de 2011

7

Talvez venha como um alivio
De um tédio da alta estagnação financeira
Não tendo mais metas
Vivendo sedentariamente
Com o fruto do seu suor que o sugou tirando sua juventude e sua saúde
Que te festes destantearte de sua família
Não vendo seu filho crescer
Perdendo o amor de sua esposa
Agora apenas sentado enfrente a TV a ver imagens
Das quais vagueiam na sua mente fazendo lembrar-se de tudo que perdeu
Esperando apenas o conhecido alivio final

Nenhum comentário:

Postar um comentário