Páginas

sábado, 13 de agosto de 2011

5

Posso sentir pulsar forte e lentamente meu coração
Com a mente estagnada em uma visão obscura
Tomo controle sobre a alma
Quebrando paradigmas inimagináveis
Vejo-me evoluindo
Tornando-me mais forte e propriamente controlável
Com isso as ações se tomam mais frias e menos humanas
Perco o sentido da dor e com ele a sensibilidade
Evoluindo para algo planejado, sempre pelo homem buscando, mais não necessariamente melhor

Nenhum comentário:

Postar um comentário