Páginas

sábado, 27 de agosto de 2011

35

Quantas feridas a na alma
A alma na se - cicatriza
Continua viva, sempre sofrendo
Mesmo com tanto martírio,
Acaba cometendo os mesmos erros na busca de algo que não se sabe o que
Dos olhos escore o sangue da alma
O portal da onde pode se ver a alma
A sua transparência num olhar
A alma te vê através dos olhos
Ela usa o corpo para te tocar
Com o propósito de unir duas almas
Em um contexto sem lógica
O corpo é o hospedeiro da alma
Moradia temporária de algo maior

Nenhum comentário:

Postar um comentário